sábado, 22 de novembro de 2014

Lógica, Informática e Comunicação - Intencionalidade

Parte 1 - Ver documentário "Muito Além do Cidadão Kane" (Simon Hartog, 1993, Channel 4 - ING)


Parte 2 - Textos opinativos sobre o marco regulatório das Comunicações no Brasil (acessar pelos links - clicar no título dos textos - e ver na ordem)

"Por um efetivo marco regulatório da mídia no Brasil" (Valério Cruz Brittos e Anderson David Gomes dos Santos em 29/11/2011 na edição 670 do Observatório da Imprensa)

"O novo marco regulatório no projeto e na prática" (Anderson David Gomes dos Santos em 03/06/2014 na edição 801 do Observatório da Imprensa)

Parte 3 - Música "Reforma Agrária do Ar" - Wado


Parte 4 - Comentários abaixo sobre os elementos que compõem essa aula virtual. Algumas possibilidades: 1- O que une as três partes que compõem a aula?; 2- No marco do primeiro vídeo, você concorda ou discorda das críticas à Globo; 3- (Independente de o professor ser autor dos textos) Você concorda com o(s) autore(s) sobre a necessidade de uma nova regulação da radiodifusão (TV/rádio abertos), por quê? 4- Qual a sua opinião sobre a intencionalidade dos grandes grupos comunicacionais brasileiros (Globo, Record, SBT, Folha, Estadão, Abril-Veja, etc.)?

* Não é necessário responder todas as questões, mas ver/ler tudo, que leva menos que o tempo da aula de LIC da quinta-feira. Acompanharei os comentários mesmo de longe e a intencionalidade será o tema da aula do dia 04 e da prova (Contábeis) e passará pelos seminários (Economia).

30 comentários:

  1. CAÍQUE EMANUEL LEMOS GOMES

    1- No contexto da globalização da cultura e dos costumes, vemos surgir importantes pensadores como Pierre Lévy e Manuel Castells que produzem sobre os meios de comunicação na cibercultura. Inicialmente temos que: a questão argumentativa justificando sobre a necessidade se produzir programas na televisão para o gosto popular é contraditório, pois vemos os meios de comunicação sendo usado constantemente para alienação da população, desde a infância ao período adulto. Exemplos: veiculação de comerciais de produtos infantis com personagens de desenhos animados no horário de acesso desse publico à tv. A comunicação ocorre de forma objetiva pelas empresas. Vemos também que a diversificação dos produtos e serviços acabam abrangendo o setor cibernético, onde o desenvolvimento de sites de lojas infantis interativo para as crianças.
    2- Concordo e visivelmente vemos que os meios de comunicação de massa hoje são utilizados e apontados como um quarto poder. Isso demonstra que a manipulação pela Rede Globo e seu poder de persuasão é grande, pois consegue atingir uma parte grande da população. Desde a popularização dos programas as informações privilegiadas passadas nos telejornais que são editados e escolhidos pelos diretores. O que seria um meio de comunicação democrático, passa a ser usado como meio de manipulação e atendendo a interesses particulares de uma minoria que mantem o poder sobre a Telecomunicação no Brasil, exemplo: a Fundação Roberto Marinho.
    3- Sim, vemos que mesmo sendo contrario a Constituição grandes políticos e empresários mantém relação de influência sobre os meios de comunicação de massa no Brasil. Isso é visível em nossa realidade, onde grandes políticos mantem indiretamente a concessão da radiodifusão que são maqueados como rádios comunitárias e na verdade servem ao interesse destes políticos.
    4- A relação de influência de poder é algo muito determinante, pois muitos meios de comunicação são usados para vincular informações e fazerem propaganda política indiretamente de políticos que buscam se manterem sempre no poder. Outra questão é que muitas empresas radiodifusoras mantém o poder de influência sobre uma determinada classe não esclarecida e que indiretamente são influenciadas pelas opiniões emitidas seja por matérias de jornais, matérias de revistas ou programas de rádios.

    ResponderExcluir
  2. CENY WAGNER NUNES DA SILVA

    1- As críticas feitas a redes de televisões e seus métodos de ganharem audiência e uma plena participação de políticos que tinha determinado controle do que seria melhor para os telespectadores, por vezes ludibriados e esquecidos para com suas necessidades mais essenciais que seria: educação, saúde, segurança e etc.

    2- Concordo, porque a televisão ainda hoje exerce um grande poder de atração e influências para a população. A cultura brasileira em minha concepção tem influências da rede globo por exemplo como foi visto no vídeo que só existia três casas de show, e depois da novela Dancin' Days surgiram várias outras, ou seja, o poder de influência é grande o bastante para que a própria população seja alienada.

    3- Sim, porque a população passaria a interagir mais com os programas de TV e Rádio, seria uma espécie de democracia para com os meio midiáticos. A população atualmente estar cada vez mais crítica ao assistir e ouvir uma Rádio ou TV sem ao menos ter a participação ou um diálogo seria extremamente indiferente. Portanto, é de extrema importância que a população tenha essa participação e que a informação seja distribuída de forma igualitária independentemente de classe social, raça ou cor.

    4- Algumas divergem sobre o real objetivo do que seria a informação, temos atualmente uma gama de programas: revista, rádios, televisivos entre outras, cada uma com sua forma diferente de informar. Exceto que temos exemplos que realmente traz somente o sensacionalismo de tal forma que o telespectador ou o leitor fica realmente abismado de como determinada noticia é dada. Contudo, nós somos vulneráveis a esses meios de comunicação, sendo influenciado e alienado independentemente do quanto possamos ser evoluídos.

    ResponderExcluir
  3. Joyce Maria Souza Silva

    Com base no documentário vejo a alienação sofrida pelas pessoas causadas pelas emissoras de televisão principalmente a rede Globo que é a mais vista, com bases nos seus programas e novelas exibidos as pessoas criam padrões a serem vividos, e as suas noticias que favorecem o lado que a convém, induz as pessoas a pensar na maneira à favoreça. Nos mostra a ligação direta e indiretamente de políticos e das elites nesses meios de comunicação.
    Tanto o documentário quanto os texto causa indignação por relatas problemas sofridos por nossas sociedades que muitas vezes não é exibidos de maneira correta para a população. Já a musica relata a busca por uma sociedade mais justa e igualitária. Com base no material vejo que nem todas as noticias são confiáveis, e que os meios de comunicação precisam priorizar a verdade a cima de tudo. Por fim concluo que faço parte de um pais refém de uma emissora de televisão.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. JOSE FRANKLEY DA SILVA RODRIGUES

      Podemos ver nesse documentário a não imparcialidade da TV Brasileira, e o favorecimento político por meio de concessões, troca de favores e apadrinhamento formando pequenos grupos ao redor da telecomunicação que causam sérios prejuízos ao desenvolvimento familiar; de famílias que se veem apenas com esse meio de comunicação como fonte de informação. A tempo que desenvolveram tão bem a propaganda e ao mesmo tempo não desenvolveram com a mesma proporção a liberdade de expressão, cultura e a educação.
      Considerando-se um meio de comunicação de massa, que chega em todos os lares... a TV Globo, chegou a atingir 99% da audiência nacional tornando-se a principal formadora de opinião do país com reportagens muitas vezes distorcidas e alimentando nosso interesse por mídia em torno de carnaval e futebol, assim alienando cada vez mais as pessoas.

      Excluir
  5. ISLAYNE RAMOS DE MELO28 de novembro de 2014 16:16

    A Rede Globo por ser uma das maiores emissoras de televisão brasileira, se aproveita disso para manipular as pessoas. Ela influencia nas eleições, nas CPIs, nos campeonatos de futebol, nas vidas das pessoas e até mesmo na violência ou em pornografias, pois a maioria dos programas que ela oferece a população mostra isso, como BBB, novelas, minisséries filmes etc. Infelizmente esse tipo de programa mesmo sendo sem cultura alguma chama atenção e com isso o ibope sempre aumenta. Esta emissora faz com que a população acredite neles de uma forma inexplicável fazendo com que as pessoas acreditem em tudo que eles divulguem como em comerciais, Se um ator usa algo de diferente como roupa, calçado, tatuagem, cabelo, perfumes ou qualquer outra coisa logo isso vira moda e as empresas passam a faturar mais sem nem ao menos se preocupar se estão ou não enganando a população com propaganda enganosa,como mostrada no comercial do desodorante AVANÇO onde diz que quem usa avanço as mulheres avançam.
    Os políticos também sofrem grandes influencia sejam positivas ou negativas, recentemente um dos candidatos a presidência durante o debate falou que esteve fora da mídia durante toda campanha eleitoral por decisão da rede globo em manter alguns candidatos mais em evidencias do que os outros sendo assim para a população existiam apenas os candidatos: Dilma, Aécio Neves, Eduardo Campos e Marina e em nenhum momentos os demais candidatos foram citados.
    Os programas infantis que antes eram apaticamente desapareceram e em seu lugar programas para outro nível faixa etária, não existe mais programas onde toda a família possa assistir juntos por causa das fortes cenas mostrada por elas seja pela manhã tarde ou noite.
    Muitas coisas que as pessoas hoje concordam ou discordam foram ou são ditadas pela Globo.

    ResponderExcluir
  6. Bem amigos da rede globo, a televisão brasileira deixou de ser imparcial há muito tempo, ou melhor, nunca foi imparcial. Nossa rede de televisão e algumas emissoras de rádios são monopolizadoras, manipuladoras, formadoras de opinião, imparciais e etc. Principalmente a rede globo que a história não me deixa mentir, ditadura, esporte (em especial o futebol), eleições de 1989, a rede globo elegeu Fernando Collor de Melo e após 25 anos queria fazer a mesma coisa com Aécio Neves, esses são só alguns fatos que a rede globo foi imparcial. E recentemente as novelas das nove horas, horário nobre da televisão brasileira, virou “aula de educação sexual”, homem com homem, mulher com mulher, marido traindo a mulher, mulher traindo o marido, exposição do corpo, apelação para o sexo toda hora, “haja coração”.
    O Brasil é a terra do futebol, da corrupção, do desvio de verbas públicas, o país da impunidade, o pais da desigualdade, o país da vergonha, o país dos preços altos, o país da bagunça. Mais também é o país de um povo trabalhador, de um povo que não tem medo de virar a mesa, de um povo bom, de um povo pacífico, às vezes demais, e a rede globo, tem a coragem de dizer diante de todas as insatisfações da sociedade, que “não são poucas que manifestação por dias melhores não deveriam acontecer durante a copa do mundo”, ora por que não durante a copa.
    Estava certo Raul Seixas, a solução é alugar o Brasil. Basta a esta rede de televisão que quer 40 pontos no IBOPE durante os jogos da copa, quer fechar com grandes empresas patrocínios e propagandas milionárias, quer que o povo se dane, se não for por IBOPE você não veria, lata velha, lar doce lar, nunca em tempo algum a rede globo fez papel filantropo, sempre foram alguns artistas que doaram a sua visibilidade para o bem da sociedade. Posições políticas adversas do governo, seja ele de qualquer partido, não poderia ser tomada, a rede globo trabalha para a elite brasileira, usando os sonhos dos mais humildes deste país, a rede globo, empurra a porcaria deste BBB há 14 anos goela a baixo de todos, programas inúteis, novelas inúteis que não respeitam mais as famílias. Basta a rede Globo!

    ResponderExcluir
  7. A problemática gira em torno dos meios de comunicação, contudo podemos ver que há a necessidade de fazer uma nova regulamentação da mesma. Visando a implantação de novas diretrizes para a redemocratização da mídia no país. Esta necessidade surge devido algumas redes de comunicação estarem ligados a algum partido político, isto acaba favorecendo a eles, porque a população é manipulada pela mídia.
    A Rede Globo de televisão e reconhecida mundialmente, se tornou a pioneira em comunicação no Brasil. Seus programas direcionados a diversos públicos, conquistou-os com suas novelas, que retrata a vida contemporânea. Possui em sua programação jornais que mostrar as notícias do país de uma forma "maquiada", mostrando apenas o que é conveniente para a emissora. Mas não podemos negar que a Rede Globo teve sua contribuição para história, desde a ditadura até democratização do país ela esteve presente, mesmo não mostrou toda a verdade.
    Em vários casos acontece dos jornalistas terem de ficarem submissos a emissora ou a seu dono, por não poder expor a realidade. Isso acaba nos impedindo de formar nosso caráter crítico, pois somos manipulados também. Precisamos que estas diretrizes entrem em vigor, para que a impressa tenha a liberdade de informações, e nos mostre o retrocesso ou avanço do país.

    ResponderExcluir
  8. MARCIO DA SILVA

    Com todo o seu poder de manipulação, a mídia, em especial a REDE GLOBO, nos faz ver a realidade que lhes convém, ao modo que divulga informações e notícias muitas vezes "maquiadas" com o intuito de preservar seus aliados e manter o poder de atração dos telespectadores. Por outro lado, o governo acaba "fechando os olhos" para essa situação com o receio desse mesmo poder ser usado contra para desvirtuá-lo diante ao povo. Assim ficamos fadados a viver numa sociedade refém dos "donos da verdade", a qual se diz ter democracia e liberdade de expressão.

    ResponderExcluir
  9. Maria Jenicléia Lima Menezes
    A problemática gira em torno dos meios de comunicação, contudo podemos ver que há a necessidade de fazer uma nova regulamentação da mesma. Visando a implantação de novas diretrizes para a redemocratização da mídia no país. Esta necessidade surge devido algumas redes de comunicação estarem ligados a algum partido político, isto acaba favorecendo a eles, porque a população é manipulada pela mídia.
    A Rede Globo de televisão e reconhecida mundialmente, se tornou a pioneira em comunicação no Brasil. Seus programas direcionados a diversos públicos, conquistou-os com suas novelas, que retrata a vida contemporânea. Possui em sua programação jornais que mostrar as notícias do país de uma forma "maquiada", mostrando apenas o que é conveniente para a emissora. Mas não podemos negar que a Rede Globo teve sua contribuição para história, desde a ditadura até democratização do país ela esteve presente, mesmo não mostrou toda a verdade.
    Em vários casos acontece dos jornalistas terem de ficarem submissos a emissora ou a seu dono, por não poder expor a realidade. Isso acaba nos impedindo de formar nosso caráter crítico, pois somos manipulados também. Precisamos que estas diretrizes entrem em vigor, para que a impressa tenha a liberdade de informações, e nos mostre o retrocesso ou avanço do país.

    ResponderExcluir
  10. Uma visão realista partindo de uma logica indutiva, ou seja, partindo de um ponto de vista particular ou regional para ter um foco em caráter global.
    Tenho ponto de vista critico sobre as mídias e/ou informações, não de uma forma generalizada, mas exclusivamente daqueles sem comprometimento, dos chamados “os poderosos”.
    Quem está por trás das informações (que grupo)?
    Qual o interesse?
    Realmente é imparcial?
    Qual o nível de comprometimento com seus telespectadores, leitores, ou ouvintes?
    Existe um feedback /interatividade entre quem fornece e que recebe a informação?
    Numa pesquisa mais curiosa busquei quem seriam os donos da mídia no Brasil, até então não sabia, são eles:

    Partido Nº de políticos sócios
    de veículos de comunicação
    Democratas (DEM)
    58
    Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)
    48
    Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)
    43
    Partido Popular (PP)
    23
    Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)
    16
    Partido Socialista Brasileiro (PSB)
    16
    Partido Popular Socialista (PPS)
    14
    Partido Democrático Trabalhista (PTB)
    13
    Partido Liberal (PL) — extinto em 2006
    12
    Partido dos Trabalhadores (PT)
    10
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Deveria me causar espanto, porém julgando pelos dados da nossa região, o mercado de comunicação ou manipulação de opinião é dominada pelos grupos políticos.
    Deste ponto de vista dar pra imaginar porque o marco regulatório da mídia no Brasil, não é bem visto pelos grandes grupos.
    Ainda com um alto poder de persuasão, a televisão por suas maiores emissoras nacionais como: Globo, Record, SBT, Band ... de caráter comercial, bem mais que informativo, com sua grade de programação voltada a indução ao consumo, noticias sensacionalistas regionais, não nos dar muitas opções informativas sobre reais dados de interesse dos brasileiros.
    A globo se destaca com seu poder político, com base nas grandes massas que atinge, ” Tá na globo, tá no mundo”. É assim que é visto pelos brasileiros, pela sua grade de programação baseada em gostos da maioria da população.

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente no Brasil, as pessoas estão sendo manipuladas através da emissora de televisão “ Rede Globo”, que apenas mostra propagandas e noticias de seu próprio interesse.
    Atualmente a Globo esta investindo cada vez mais em novelas no horário nobre e programas jornalísticos, tendo em vista uma maior audiência, que consequentemente tem uma maior probabilidade de manipular seus telespectadores, esse monopólio de comunicação faz uma propaganda exagerada e mentirosa, com o objetivo que as pessoas busquem o consumismo desenfreado, mostrando que todos os produtos que ela transmitir fosse o melhor do mercado.
    A Rede Globo faz um jogo politico de favores, o famoso toma lá dá cá, que aqueles políticos que estejam filiados, sempre mostra sua imagem para que seja reconhecido nacionalmente buscando uma candidatura futura. E escândalo que venha suja a sua imagem na é transmitida de forma nenhuma.
    Portando temos que deixa essa opinião que a Rede Globo é a melhor emissora brasileira e começar a busca outro meio de comunicação onde possamos ficar mais bem informado que não manipule nossas criticas.

    ResponderExcluir
  12. YASMIN MARTINS DE FARIAS

    1-Ambas nos remetem a uma analise de como a informação chega até nós. É notório que as emissoras de TV, só permitem ir ao ar o que lhes favorece, mesmo que as informações passadas não tenham nenhuma garantia de serem “verdadeiras”. A informação exibida por esses canais irá apenas até o limite da sua necessidade, não priorizando o telespectador mais sim ela própria. Fazendo uma comparação entre os governantes, os empresários responsáveis pela grande maioria das propagandas enganosas e as emissoras de TV, ambas nós mostram em uma retrospectiva retórica do que queremos enxergar: o belo, o perfeito, o ideal... Mais o que realmente importa a verdadeira realidade, é escondido, passamos a viver em uma “ditadura de comunicação”.
    2-Sim concordo. Pois vemos que a Rede Globo se destaca por ter a maior parte da audiência do país, e por isso exerce grande influencia na vida das pessoas. A mesma trás uma diversidade de culturas e conhecimento, que muitas vezes não são aplicados da maneira correta.
    3-Concordo, pois dessa forma teríamos mais liberdade para ter acesso e debater assuntos que até então eram jogados nas telas das televisões e nos rádios de forma distorcida, editados para o bem maior de alguns. Dessa forma é fácil perceber que as emissoras também sofrem influências, e para que isso acabe é necessário que todos tenham o mesmo acesso a comunicação, sem privilegiados e sem mascaras.
    4-O poder que a audiência trás para esses canais de televisão é extremamente importante. Desta forma a prioridade deixa de ser a base que é passar informação de maneira clara e verdadeira para os telespectadores. Contudo é valorizado o uso de diferentes maneiras de manipulação das pessoas com o intuito de mudar suas opiniões a respeito de vários assuntos e com isso, que elas cheguem a acreditar no que a emissora está colocando ao alcance delas como sendo a coisa certa.

    ResponderExcluir
  13. A REDE GLOBO sem sombra de dúvidas é a rede de televisão da manipulacação capaz de prender não somente a atenção de seus telespectadores como tambem dá rumo ao suas decisões.Desde o jornal que assistimos ao desenho animado, tem todo um roteiro e objetivo traçado.O que seria direcionado apenas a uma parte privilegiada, hoje é desfrute de todo o país; seu poder de influência é tanto que muitos se apegam agindo, pensando e se expressando da maneira que ela transparece na telinha de nossa tv.Acreditando que uns tantos chegam a pensar na possibilidade de ela, a TV GLOBO ser uma seita.É óbvio seu enteresse de manter os telespectadores o que eles querem que ouçam, fazendo o que eles querem que façam.Seu ojetivo em manter uma grande audiência está ligada também a questão financeira quanto mais audiência e aprovação ela tiver, maior será o lucro e o poder que ela exercerá sobre muitos.
    A mídia em si tem um poder manipulador muito grande tratando a REDE GLOBO esse poder se torna mais forte e eficaz.Mas não podem esquecer que quem faz dela o que ela é somos nós telespectadores, devemos ter uma visão e um pensamento crítico quando se fala em redes de comunicação, afinal somos aquilo que vemos, ouvimoos e aprendemos.

    DÁSSIA CAMILA MELO SILVA

    ResponderExcluir
  14. Observando o documentário vemos o quanto à mídia tem influencia na sociedade, onde a que, mas se destaca é a REDE GLOBO, considerada um dos maiores impérios de comunicação do planeta, por possuir um grande numero de audiência e por ter investido tanto em tecnologias para melhor apresentar sua programação ou atrações. Sendo assim a REDE GLOBO também foi e ainda é alvo de muitas criticas por influencia e maquiar a realidade e ate a apresentar um apoio político, onde eles manipulam a informação, e podendo ate escolher por seus telespectadores o que devem saber ou não.

    JOSÉ ENILSON DOS SANTOS FARIAS

    ResponderExcluir
  15. A hegemonia da Rede Globo prejudica o país ao impor costumes, vetar projetos governamentais, leis, ao difundir ignorância, preconceito e muito mais. A TV Globo tem como função, manter as pessoas enganadas a todo o momento, utilizando uma programação vazia e deprimente, para assim desviar a população dos eventos políticos, econômicos e sociais, que impactam diretamente em nossa vida. Colocando no ar como, por exemplo, novelas que tentam acabar com a estrutura básica de toda sociedade, onde a traição e mentira são colocadas como natural, não podemos aceitar isso, a família tem de ser valorizada, pois é nela que inicia os conceitos de amor, respeito, confiança e solidariedade, sentimentos esses primordial para construção de uma sociedade saudável e fraterna.

    ResponderExcluir
  16. Em relação às críticas a rede de TV Globo da segunda questão, concordo; Pois sendo uma das maiores emissora em esfera mundial, tende a ser maior sua forma de disseminação do conteúdo, e assim, transforma a sua mídia como manipulação dos seus telespectadores, e também por grandes nomes e renomes, citada na intervenção de resultados sócio-políticos do país. De certa forma, que a Globo é um sucesso, isso ninguém discute, principalmente para as baixas classes a formadora da maioria da população brasileira; basta visitar qualquer barraco na favela; pode faltar tudo, mas a TV é sempre de último modelo isso a prova da irresponsabilidade que atribuem aos pobres, que "passam fome" e mesmo assim querem comprar uma TV último tipo. A televisão é a forma mais rala e massificada de difusão cultural, mas sem dúvida que é melhor do que nada. E distrai, sim. A distância social não impede que os pobres se identifiquem com os personagens ricos das novelas, e chorem por seus dramas. Essa é a magia do Padrão Global, levando esse condicional de audiência e assim, manter financeiramente os seus poderes de status. Todavia, vale salientar, que toda forma de mídia existente em qualquer campo populacional, tem a sua parcela de culpa, todas fazem a condição de conduzir seus telespectadores, mas é a Emissora Globo a mais apontada, pois no sentido de ser a maior traz esse propósito de críticas; Contudo, é a parcela mais aduladora do povo a trabalhar dificilmente contra o próprio povo em troca de um status profissional e social discutível no plano da ética, da moral e da afirmação de nossa identidade e de nossa cidadania.

    Álisson da Silva Rodrigues Bento

    ResponderExcluir
  17. O que será abordado nesse texto é a forma de comunicação das grandes redes, e como são passados para população, os meios dessa informação.
    Abre-se uma discursão sobre a Rede Globo, atualmente umas das maiores emissoras de televisão, que para algumas pessoas é a melhor, onde consegue atender as suas expectativas, o seu gosto e sua forma de pensamento sobre determinados fatos. Será que realmente as coisas são assim? Surge essa duvida sobre o que a rede Globo passa, ela usa o poder de manipulação da sociedade, fazendo com que ela acredite no que está sendo passado ali e tome isso como verdadeiro, só que não é bem assim que acontece. No documentário “Muito Além do Cidadão Kane” (Simon Hartog, 1993, Channel 4-ING) observamos o que se tem escondido atrás dessa emissora, a participação e o poder politico faz parte dela, através do seu diretor Roberto Marinho, que era jornalista.
    O que é apresentado no documentário é que a Globo, só apresentava o que ela queria, e muitas coisas eram censuradas para a população não saber do que acontecia, uma delas foi à ditadura militar que a globo se dizia ser contra, só que apoiava a manifestação pelo fato de ter a participação de alguns políticos que eram sócios da empresa. Um exemplo é José Sarney que tem filiais da globo no Maranhão, e que fazia parte do ciclo de amizades de Roberto Marinho.
    No documentário a globo é taxada com várias criticas, que falam o que realmente acontece e que muitos estão alienados por ela, a globo sabe o que as pessoas gostam se assistir e procuram sempre melhorar para que se tenha um aumento da audiência dos seus programas e ela não mede esforços em concorrer com as outras emissoras, pois o objetivo que ela tem é de ser cada dia melhor que a outra.
    No Brasil ela é a emissora que está em primeiro lugar em audiência em seguida vem o SBT e a Rede Record, e que em relação a escândalos sobre as 3, a globo já participou de alguns com a Record.
    Além do recurso televisivo é importante que a população tenha também os recursos de radiodifusão, que é importante para que ela ouça o que acontece no dia-a-dia da sua cidade e no Brasil, assim ficará informada de noticias e não precisara ser alienadas com algumas que é passada na TV.
    Portanto todos os meios apresentados nesse texto e no que serviu como base para realização desse trabalho, é importante, pois é uma forma de comunicação e a população em geral precisa disso, contanto que ela não precise ser alienada para acreditar em algumas coisas que são passadas e que as informações sejam verdadeiras e não precisem ser manipuladas para ter uma melhor repercussão.

    Jessyane Beatriz Soores dos Santos

    ResponderExcluir
  18. As organizações Globo por possuir uma enorme supremacia no Brasil, tem o poder de manipular sobre qualquer coisa nesse país, participando assim de forma direta nas decisões que são tomadas sobre qualquer aspecto, desde quantos miseráveis devem ser condenados à morte até eleger um presidente, nada acontece ou deixa de acontecer em nosso país sem consultar essa grande potência chamada globo.
    Com o poder de dominar a televisão brasileira desde a ditadura militar, na qual teve e tem papel importantíssimo nas decisões políticas desde aquela época até os dias de hoje, onde usa de censuras para distorcer, manipular e ignorar a notícia que cortam trechos de reportagens para beneficiar políticos aliados. Seu poder de contaminar as mentes dos cidadãos brasileiros com falsas realidades faz do povo brasileiro ser alienado com uma demasia de consumir os produtos que a globo exibe. Seus programas vazios de conteúdos e suas novelas que mais parecem sexo explícito em horário nobre já parecem coisa natural para muitas pessoas aqui no Brasil, ou melhor, já faz parte da rotina de muitos ao adotarem as “modinhas” que a globo lança, fazendo com que, os bons costumes, a educação familiar, culturas regionais saiam de cena e dê espaço ao sistema manipulador de persuasão para consolidar ainda mais seu poder.
    Quem faz a televisão brasileira somos nós, portanto sou totalmente a favor da regulação da mídia brasileira, porque seu sistema já está defasado e precisamos que a liberdade de expressão seja realmente colocada em prática e não depender do oligopólio midiático para tomar nossas decisões.

    Luilson Barboza Silva

    ResponderExcluir
  19. De como esse meio de comunicação que nos traz a informação como áudio visual, chegando até a omitir verdade da informação, e editando o conteúdo de tal maneira a tentar manipular nosso modo de pensar. Buscando apenas vantagens, criando grandes parcerias politicas direta ou indiretamente, e se tornando assim um poderoso meio de comunicação.
    Concordo plenamente, só não sabia que isso acontecia há tanto tempo, pensava que essas matérias editadas de maneira a favorecer políticos parceiros da tv globo, tivesse começado agora a pouco tempo, ela tem o um poder muito grande manipulação, capaz de criar reis e rainhas com suas forma de comunicação, e quando chega o período eleitoral que se torna mais forte ainda as censuras da tv globo para algumas matérias que estão em destaques em todas as outras emissoras, menos na tv globo.
    Mas talvez hoje ela esteja um pouco preocupada com essas tecnologias e novos meios de comunicação como as redes sociais, internet, que nos ajuda a mostrar a verdade daquela informação que suas matérias omitem. Que depois o faz engolir em forma de protesto ao vivo em rede nacional “O povo não é bobo, abaixo a rede globo” (durante pronunciamento da presidente Dilma Rousseff, 26/10/2014).
    As emissoras tem um grande poder de informação, e somente as usam em favorecimentos pessoais e financeiros, escolhendo aquilo que vai informar e de que forma, não procuram dar informação de forma ampla e imparcial, estão sempre tentando manter a sociedade mal informada. E é impressionante a forma que essas emissoras foram escolhidas, sem nenhum critério, como essas concessões poderiam dar em outra coisa, senão, troca de favores. Isso deve sim ser mudado.

    MAC DONALD DO NASCIMENTO BEZERRA

    ResponderExcluir
  20. Bem, logo no início da implantação de TV no Brasil, seu custo foi muito alto, por isso acabou sendo financiado por alguns membros da elite. E, por assim dizer, foi privada desde o seu início. Essa situação aliada a falta de leis que monitorassem tais meios de comunicação/divulgação de ideias, criou um monopólio de telecomunicação muito poderoso.
    Não raramente escuto pessoas falando que as mídias de comunicação são o quarto poder - em alusão a repartição de funções/poderes vigentes em nosso atual sistema político - pela questão da denúncia. Isso faz pensar, todos sabem a influência de tais meios, porém não questionam a veracidade dos fatos apresentados, bem como a alta influência exercida sobre os mais leigos no momento de formação de suas opiniões.
    Tal situação de submissão e tomada como verossímil tudo o que a TV oferece deve ser inaceitável. Mas como evitar isso? Simples, a música e o primeiro texto da parte 2, nos direcionam um norte para encontrarmos a melhor disseminação de conhecimento através desses meios. Primeiramente a "reforma agrária do ar", no que diz respeito a melhor distribuição na programação das emissoras de televisão, e segundo - talvez com maior caráter de importância - a criação/atualização dos métodos de fiscalização sob a atuação e modo de exibição (tempo disponível, horário de exibição) dos programas desses veículos de comunicação audiovisual.

    ResponderExcluir
  21. Comentário obre a aula virtual sobre comunicação.
    O que une as partes que formam a aula virtual, podemos asim dizer, é o objetivo dos grupos de comunicações, jornal, rádio, TV, com a verdade dos fatos para a população, diante do interesses de empresários, governos, ligados ao sistema capitalista econômico.
    Concordar ou discordar das críticas feitas a uma empresa de telecomunicações que sobreviveu a ditaduras, golpes, temas ainda hoje polêmicos, cujo trajetória foi feita em acordos e conchavos obscuros de como eram dadas as concessões, direitos de noticiar o que se deviria ser certo ou errado. Seria apenas uma opinião singela perante a grandiosidade da história vivida nos anos de lutas e crescimento intelectual de uma nação em formação.
    Existe a necessidade de regularização dos meios de comunicação, direitos e deveres devem ser claros e objetivos enquanto meios de comunicação. Tão necessário como o Marco civil da internet. Afinal formação de opinião de uma massa deve ser entendida como responsabilidade primazia social, respeito, ética com uma população em formação cultural, educacional.
    Os grandes grupos brasileiros de comunicações são empresas que tem por obrigação de darem retorno financeiro, e o seu produto é a comunicação, a notícia, a informação, que deve ter responsabilidades e deveres.
    Cabe ao leitor, ouvinte, telespectador, o senso crítico, educacional para poder tomar como certo ou errado o que ele ouve ou ver. Buscar em outras fontes tais comparatiuvos a informação, ao saber. E antes das regularizações do deveres e direitos dos meios de comunicação, deveraimos todos buscarmos o direito e dever crítico de interpretar e entender tais fatos e notícias, o direito a educação.
    Melck Rossy Novais de Araújo
    Primeiro Período Contábeis – UFAL

    ResponderExcluir
  22. 1- Ambos possuem discussões sobre de que forma e como poderia ser a comunicação. No documentário da parte 1, ela acontece de forma influenciadora, onde se percebe uma crítica a rede Globo, por sua manipulação e influência muito forte, nos textos da parte 2 com a nova radiodifusão, ajudaria a diminuir significativamente essa grande influência das mídias, pois daria o direito de qualquer um brasileiro opinar. E a música da parte 3, mostra uma concessão das rádios públicas.

    2- Concordo. Pois a rede Globo é bastante manipuladora, sendo uma televisão de mercado, seu principal objetivo é conquistar seu público alvo, possuir uma audiência alta. Um bom exemplo é o fato de que a Globo influenciou significativamente na eleição de Fernando Collor, de 1989, para presidência da república.

    3- Concordo. Pois com uma nova regulamentação, poderíamos participar dos movimentos sociais nas discussões, ou seja, poderíamos opinar, comentar livremente sobre a televisão, rádios, revistas, com uma maior participação da sociedade, e o mais importante é que qualquer pessoa do país pudesse participar, possibilitando assim um direito a comunicação. O único ponto negativo é que nem todos possuem acesso a internet.

    4- Alguns grupos comunicais, podem ser bem proveitosos, pois muitas vezes suas intenções, são para o aprendizado do cidadão, ou para nos manter informados sobre o que acontece no país: cursos, concursos, noticiários. Mas muitas vezes a televisão, revistas, rádios e os demais grupos, não mostram toda a verdade, ou só mostram a maioria do público alvo prefere. Outro ponto negativo é o fato da gigantesca influência que a mídia nos traz, pois hoje em dia tudo possui propaganda. E esses noticiários, comunicações são para um público alvo nacional, mas não quer dizer que suas informações e matérias, sejam interligadas em todo o país, boa parte é vinculada aos estados mais importantes do país, mais avançados, enquanto os mais pobres, que não possuem um desenvolvimento como os outros, dificilmente é citado.

    Juliano Nunes Barbosa da Silva

    ResponderExcluir
  23. O que podemos ver no documentário, nos textos e no clip, são críticas feitas aos meios de comunicação, principalmente à televisão e aos seus meios de ganhar audiência passando por cima de qualquer moral ou ética. Vemos também uma grande participação dos políticos dentro desses meios de comunicação, utilizando os mesmos para fins próprios.
    Em relação ao primeiro vídeo eu concordo plenamente às críticas que são feitas à TV Globo. Eles manipulam e distorcem as notícias o tempo todo, isso é visto à olho nu, só não ver quem não quer. Eles sempre selecionam as notícias que eles acham que serão importantes para eles, pra ganhar audiência. Achei interessante quando é falado "Num determinado momento o Brasil deixou de falar português para falar TVglobês.". Porque a grande maioria da população prefere a TV Globo às outras emissoras.E ainda tem as propagandas, os comerciais de produtos que muitas das vezes cedem à apelação.
    Concordo também com a regulação da radiodifusão de TV e rádios abertos. Seria interessante, pois teríamos mais liberdade de expressão, poderíamos opinar e não haveria mais tanta manipulação por parte desses meios de comunicação. Seria uma democracia que todos iriam gostar muito.
    A intencionalidade dos grandes grupos comunicacionais brasileiros como: Globo, SBT, Record, Veja, Abril, etc; é a de beneficiar somente a si próprios, como já disse eles sempre manipulam o que será transmitido, o que será noticiado, como bem querem. É notório que a televisão tem mais credibilidade do que a imprensa escrita, mas mesmo assim também rola manipulação por parte desta. Nós os telespectadores somos vulneráveis e propícios a acreditar em tudo o que vemos e em tudo o que é transmitido na televisão. No mundo de hoje as pessoas não se importam tanto com informações importantes, a partir daí eles se aproveitam.

    Lucyjane Nunes Barbosa

    ResponderExcluir
  24. 2- Concordo,como diz no vídeo a globo só perdia para 3 canais americanos,considerando que assim o meio de comunicação é umas das maiores forças já existentes. Podemos ver que a fundação Roberto Marinho (Rede Globo) só transmite o que lhe é de interesse próprio,o que lhe trará IBOPE,pois muitos jornalistas falam ao decorrer que muitas coisas foram cortadas do ar,como podemos dar de exemplo o caso da bomba que se encontrava dentro do carro. O poder de influência da rede globo em nossa sociedade brasileira é muito grande,ela consegue iludir de um modo que mesmos sabendo que estamos sendo manipulados por ela,não conseguimos desatá-las de nossas vidas!!
    Mas apenas os jornalistas estrangeiros eram os que conseguiam ter essa visão de criticas sobre a rede globo,sobre seus interesses econômicos,conseguiam ver os conteúdos que acabavam passando por cima de nossas culturas.
    Falam muito também sobre a manipulação do grupo Roberto Marinho na era do regime militar,que a globo conseguia mostrar apenas o que queria.

    ANDRÉ LUIZ RIBEIRO DA SILVA

    ResponderExcluir
  25. Marcelo Santos Lins 1° período Economia
    1. Prevalecem em todas as três partes desta aula: A crítica ao domínio que ocorre na mídia brasileira, onde pequenos grupos “dividem” entre o si o oligopólio midiático brasileiro. Apresenta a necessidade de uma quebra na influência dos grupos dominantes da mídia brasileira, para que se possa ter democracia no conteúdo apresentado pela mídia e para diminuir o grande poder que a elite midiática tem para com o país, chegando a ir de contra o poder do governo e ventando a proposta do mesmo no tema: Regulamentação da mídia Brasileira.

    2. A rede globo, mantém há muito tempo uma marca de ser o principal grupo midiático do país (3° maior do mundo), criado nos moldes de emissoras dos EUA, a rede globo possui uma construção e uma dominação polêmica, indo contra leis da ditadura militar, apelando para conteúdos ínfimos e de apelação populista, influenciando de forma direta decisões públicas e usando sua função de ponte entre a informação e o povo, para filtrar o conteúdo a seu favor, portanto a crítica a rede globo é correta e de tom ético, pois a mesma apesar de crescer e fortalecer a comunicação no país, usou e usa do mesmo propósito a favor de seus interesses e objetivos, burlando a democracia comunicacional da sociedade brasileira.

    3. Sim, é preciso regulamentar em prol da democracia comunicacional, a televisão e a rádio no Brasil, como já citado, são dominados por grupos de forte influência, e alguns desses exercem cargos políticos, usando a sua emissora como uma forma para se autopromover perante o povo, e os mesmos grupos midiáticos, domina de uma forma tão autoritária, onde cabe a eles decidirem se querem ou não um novo “concorrente”, sufocando as chances de pequenas emissoras surgirem para tentar equilibrar o domínio midiático, aumentando a concorrência e conteúdo apresentado e melhorar a qualidade da programação, por esses outros motivos é preciso de leis, para que haja obrigações e direitos em que ambos os lados (público e emissora) tenham seus “objetivos” atendidos da melhor maneira possível e democraticamente correta.

    4. Quanto à intencionalidade desses grupos midiáticos, podemos citar que todas buscam estar no topo da audiência, porém, podemos observar que as mesmas tem de certa forma, um público alvo, em que cada uma tenta parecer a mais coerente e correta para com o público alvo, às vezes adaptando conteúdos ou copiando de outras emissoras, ou criando matérias exclusivas para determinados temas importantes para seu público alvo, mas observamos que assim como citei na primeira resposta, os grupos midiáticos dividem o oligopólio entre si, apesar de existir concorrências entre eles, os mesmo não tentam “atacar” uns aos outros, respeitando uma “divisão”, em que cada um busca seu público, mostrando a intenção dos grupos em manter o domínio sobre a mídia brasileira.

    ResponderExcluir
  26. Elisângela santos Silva Félix 1º período de Economia
    As Organizações Globo representa grande mídia e costuma informar sobre qualquer assunto segundo em sua (visão política ou interesses políticos) e ainda pode omitir informações, notícias relevantes, conforme o seu interesse.
    Somos diariamente levados a compreender o mundo de forma seletiva pela Rede Globo. A informação que for do interesse das Organizações Globo será divulgada, e a que não for do seu interesse, será omitida.
    Muitas pessoas honestas têm suas reputações manchadas por uma simples necessidade de destruir os inimigos de suas ideias, ou para favorecer políticos que defendam seus interesses. precisamos de mas igualdade e liberdade de expressão.

    ResponderExcluir
  27. Há todo um contexto para que a televisão seja manipuladora da população. Tempos atrás nós brasileiros vivíamos presos a pouco conteúdo de entretenimento. É notável que com a aquisição da internet, desenvolvemos mais senso crítico e podemos sim selecionar nossa programação.A população amadureceu e se estruturou de uma melhor forma. Melhor distribuição de renda e ainda com poucos incentivos a educação vamos engatinhado para esta evolução.Por outro lado é grande o jogo de poderes e favores políticos nos bastidores da televisão brasileira
    Jéssika Oliveira Nascimento

    ResponderExcluir
  28. 1 - Em todo o contexto dos três textos, visam informar como temos acesso as informações. Mostram a forma que a televisão usa para ganhar audiência e as críticas feitas pelas mesmas, como um político tem uma grande influência sobre a programação, onde podem “escolher” o que podemos assistir, visando mostrar como se é na teoria, e a diferença quando se coloca em pratica.
    2- Concordo, pois acabamos sendo um boneco nas mãos deles, somos manipulados e nem percebemos. A forma de organização das informações dos jornais, principalmente nos tempos de eleições, onde seus diretores editam e escolhem o que vão passar e a quem vão favorecer. Por ser uma rede de televisão, deveria voltar aos candidatos de forma igual e limpa, mostrando dos dois lados os pontos negativos e positivos.
    3- Sim, pois favoreceria mais a população, e teríamos acesso a mais informações de forma igualitária poderiam assistir e debater de forma livre, colocar nossas opiniões, porque querendo ou não tem certa influência nas redes de radio e TV, distorcem algumas informações, que muitas vezes nos interessavam.
    4 – Esses grandes grupos comunicacionais, se preocupam com informações, pois é daí que se ganha mais audiência, e principalmente a rede globo, e são necessários, pois o que seria de nos sem esses meios de ser ter informações. A facilidade de saber noticia do outro lado do mundo, de saber e vivenciar culturas diferentes, é graças a esses meios de comunicação.

    1º período - Economia

    ResponderExcluir
  29. Ambos mostram o poder que os políticos tem sobre as comunicações, nós restringindo de informações verídicas sobre a realidade do mundo, nos mostrando apenas aquilo que eles querem que vejamos, ou seja, aquilo que queremos ver, mas não O QUE DEVEMOS VER. Tambem falam como tais informações chega até nós, Sendo assim, favorecendo a eles audiência, que é o que eles anseiam. Acredito que as intenções dessas grandes empresas não são as de que se importam com o bem público (pode haver alguma sim, bem intencionada, porem, não saberei citar), mas sim, com o que for melhor para eles, com o que lhes favorece mais, e isso é, nós manipulando, fazendo com que acreditemos em bobagens, influenciando á consumir, movendo a economia do país, e o dinheiro no bolso deles.
    1º período, Economia

    ResponderExcluir